COLUNA: Joelma soube subverter a lógica do mercado e conquistou um público fiel - Pop Brasil

ÚLTIMAS!

terça-feira, 11 de outubro de 2016

COLUNA: Joelma soube subverter a lógica do mercado e conquistou um público fiel

Foto: Reprodução


Desde que se lançou em carreira solo, a cantora Joelma tem dado uma repaginada tanto em sua sonoridade quanto no visual e a boa aceitação do público com o novo projeto, só confirma uma tese: Joelma sempre foi uma grande marca principalmente entre os públicos B, C e D - é a típica 'artista da massa'. A cantora subverteu a lógica do mercado da música com o grupo Calypso, conquistando sucesso, um público fiel e todo esse reconhecimento sem o apoio de gravadoras. A televisão e elogios da crítica só aconteceram depois.

O tempo passou e após o fim do relacionamento com Ximbinha  e consequentemente o fim da banda Calypso, a artista paraense preparou o território para seu primeiro álbum solo ("Avante"). Antes do produto chegar ao mercado em forma física, Joelma lançou o EP digital homônimo, e rapidamente figurou entre os mais vendidos nas plataformas digitais - o disco físico figurou na lista dos mais vendidos , semanas depois do lançamento do EP.

Como era de se esperar, o registro marcou a superação após o tumultuado divórcio e a saída da banda no final do ano passado e trouxe uma Joelma que muita gente desconhecia. O som regional ganhou pequenas doses do pop e eletrônico, agradando até quem não curtia o som do furacão loiro do Pará.

Com a ótima receptividade do EP , seu primeiro trabalho se mostrou um verdadeiro grito de uma mulher livre e bem resolvida para conquistar novamente o mercado que tanto  acolheu  o seu som, presenteando com certificados de ouro, diamante e platina ao longo da carreira.

Como carro-chefe desse primeiro projeto pela Universal Music, a cantora lançou um single que rapidamente virou bordão nas redes sociais e estampou status e frases de afirmação nas postagens de muitos internautas, refiro-me a canção 'Não Teve Amor'. O refrão 'Tem coisas na vida que a gente não perde, a gente se livra'  se propagou na rede e virou a frase preferida de todos aqueles que estavam sofrendo ou colocando um fim no relacionamento.

Curiosidade: Quanto a música nas rádios , até o fechamento desta coluna, 'Não Teve Amor' já foi tocada mais de 86 mil vezes segundo dados da ConnectMix.

Não há o que questionar, Joelma faz parte daquele de rol de artistas que não precisam provar mais nada para ninguém. Sua história se funde com a música popular brasileira principalmente por defender um som regional e ter uma peculiaridade na voz  - aquele tipo de voz que você escuta no rádio e já sabe quem está cantando. No mais, o sucesso de sua carreira solo que soava como dúvida para alguns, sempre foi uma certeza para o mercado que sempre soube lhe dar espaço até mesmo quando seus trabalhos não tinham grande divulgação.

POP Brasil
David Dukki