COLUNA: 'Personalidade e imagem retratam a musicalidade', elas conseguem movimentar a opinião pública - Pop Brasil

ÚLTIMAS!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

COLUNA: 'Personalidade e imagem retratam a musicalidade', elas conseguem movimentar a opinião pública

Foto: Reprodução / Internet

Tudo que se refere a questão pop, é tratado com superficialidade. Refiro-me não apenas ao gênero musical, mas, a tudo que cai no gosto popular. Porém, nem sempre aquilo que a massa acolhe é superficial, tudo que é popular , o  conteúdo retrata a personalidade e imagem do produto - o artista.

Joelma, Anitta, Claudia Leitte e Wanessa, são exemplos de artistas em que o pop está presente. Em algumas no gênero musical escolhido, em outras, na facilidade de reunir e agradar principalmente a massa, que muitas vezes têm como parâmetro as classes C e D.

Wanessa em sua fase de country pop, teve  suas letras intimistas baseadas  no amor, os figurinos duramente criticados e tachados na época como 'brega', nada mais era que um espelho de suas canções. O amor sempre foi brega, o que era tachado pela crítica de forma negativa, era facilmente identificado pela massa. Wanessa começou a cantar no inicio da carreira, um tipo de sofrência onde a sua imagem era vitrine de suas canções. Joelma é o oposto, não possui uma imagem pop mas, sua musicalidade é pop - no sentido popular. Sua personalidade é facilmente identificada, nas botas, nos babados de seus looks, embora seus figurinos sejam classificados como 'exagerados' para aqueles acostumados com padrões. Mas, são nos figurinos e em sua música pop regional, que encontramos a sua identidade.

Claudia Leitte e Anitta, exemplos de artistas que consomem o pop e transmitem atualmente a cultura pop em seus trabalhos. Passeando pelos figurinos, capas de revistas e musicalidade, por mais que uma tenha como raiz  - o funk, e a outra - o axé, a personalidade de ambas é facilmente lida nos figurinos. É impossível, um look usado por Claudia e Anitta, passar despercebido pelo olhar dos especialistas de moda e principalmente, do público.
Todas elas têm o dom de movimentar a opinião pública, de uma forma que uma simples nota, repercute e atinge até quem não acompanha a carreira de nenhuma delas. 

As experiências pessoais, também fazem parte desse poder de gerar cliques, likes, comentários. São tão verdadeiras nas  redes sociais e no palco, que muitas vezes, uma simples declaração é manchete por semanas. Muitos se identificam, outros, acostumados com o 'perfeccionismo' recusam a aceitação de que personalidade é  exatamente isso -  é não deixar que os holofotes ofusquem sua real verdade. 


No mais, não importa como a personalidade é vista ou vendida, se um conteúdo  se mostra profundo e honesto  a imagem do produto , ele tem o dom de inspirar uma pessoa, assim como a música. Os beats de uma canção, são capazes de libertar a hipocrisia daqueles que levam a vida tão a sério. De forma positiva ou negativa - dependendo da intenção do leitor, todas as cantoras citadas possuem esse dom de movimentar, a minha, a sua, a opinião do público. E isso é bacana na vida de um artista, sinal de que sua imagem não passa despercebida e sempre será motivo de pauta nas conversas, principalmente aquelas ligadas ao que chamamos de pop -  popular. 

POP Brasil
David Dukki