Venda de vinil supera serviços digitais, entre eles: YouTube, Spotify e Vevo - Pop Brasil

ÚLTIMAS!

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Venda de vinil supera serviços digitais, entre eles: YouTube, Spotify e Vevo


De acordo com uma pesquisa realizada pela Recording Industry Association Of America (RIAA), as vendas de vinil no primeiro semestre de 2015 renderam mais do que o lucro obtido pelo  YouTube, a versão gratuita do Spotify e VEVO juntos.
Ao todo, os vinis obtiveram US$ 222 milhões em vendas de discos, enquanto o YouTube, a versão gratuita do Spotify e a VEVO somam-se US$ 163 milhões. A RIAA ainda informou que entre os meses de  janeiro e março as vendas de LPs nos Estados Unidos foram 53% maiores do que no mesmo período do ano passado. Se comparado ao ano de 2014, os lançamentos no formato também tiveram um bom desempenho, com aumento de 37% no primeiro trimestre.
Desde 2009, as vendas de vinil tiveram um aumento de 260%. As vendas unitárias também cresceram, subindo para 9,2 milhões em 2014 – em 2013, a arrecadação foi de 6,1 milhões. Para dar conta de todos esses números, a RIAA também revelou que, nos últimos anos, diversas fábricas de vinil surgiram nos Estados Unidos.

POP Brasil