COLUNA: Com constantes trocas de vocalistas afeta identidade do grupo Calcinha Preta, entenda! - Pop Brasil

ÚLTIMAS!

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

COLUNA: Com constantes trocas de vocalistas afeta identidade do grupo Calcinha Preta, entenda!

Foto: Divulgação 
A coluna "Questão de opinião" dessa semana traz como tema, a banda de forró Calcinha Preta.
Com mais de 10 milhões de discos vendidos, a banda tem deixado a desejar nos últimos anos, perca de público, de espaço no mercado publicitário. Sobrevivendo e vivendo de regravações de sucessos de outras artistas, a banda que é um dos grupos musicais mais tradicionais do forró , tem decepcionado uma parcela de seus fãs nos últimos anos. Seu último álbum, caprichou nas canções inéditas, porém, as mesmas canções foram ofuscadas pelos vocais de outros cantores, exemplo: Wesley Safadão, com Balada Prime, e Cristiano Araújo.

As reclamações são inúmeras, desde a péssima divulgação do atual repertório, as constantes troca de vocalistas.

OS TEMPOS DE GLÓRIA E AS INÚMERAS TROCAS DE CANTORES
Se compararmos o atual momento da banda e voltarmos no tempo, nem precisa irmos muito longe, 5 anos no máximo -  é notório o quanto a banda se perdeu e perdeu na essência. Suas canções nos últimos anos foram fadadas ao fracasso, sem contar versões de canções que envergonham até os ouvidos menos exigentes.
Inúmeras trocas dos cantores, idas e voltas,  também contribuíram pra que o grupo perdesse sua essência e identidade. O artista é um produto, é uma empresa, e a partir do momento que a empresa passa a alterar sua logomarca constantemente , perde a credibilidade e o público se afugenta. No caso da Calcinha Preta, essa constante troca de cantores, soa como piada junto ao mercado

Atualmente, Calcinha Preta embora tenha seu nome escrito na história da música nordestina e nacional, o brilho não é mais o mesmo. Enquanto outros grupos musicais do mesmo gênero se reinventam, se renovam mas , priorizam sua essência, Calcinha Preta segue o oposto. Quem perde é o público sedento por um bom forró romântico tão característico  do grupo.

O ATUAL MOMENTO 
A  banda tem ''Star Quality'', porém, faz mal uso. E para piorar ou talvez, reacender o desejo resgatar o brilho perdido - as saídas de Silvânia Aquino e Paulinha, provocaram uma verdadeira divisão de opiniões, de torcidas, entre os forrozeiros, principalmente , fãs do grupo Calcinha Preta. Os defensores de Silvânia e Paulinha, acreditam que o deligamento das cantoras, foi o fim da Calcinha Preta. " Elas eram a alma da banda, era o que ainda sustentava o grupo", disse o presidente de um dos fã clubes a coluna. 

COLUNA: 'Personalidade e imagem retratam a musicalidade', elas conseguem movimentar a opinião pública

No mais, o que se viu nos últimos anos na banda Calcinha Preta, foram investimentos sem foco, sem direcionamento algum de carreira. Cheguei até levantar duas hipóteses, sobre a queda da banda junto ao público forrozeiro e aos fãs: Compositores estão escassos, ausência de planejamento de carreira ou falta de vontade em investir na Banda? Se levarmos em consideração o histórico dos últimos anos, a segunda opção é a mais provável. 

POP Brasil
David Dukki