Após suposto desentendimento com Paula Fernandes, Mônica Guedes desabafa - Pop Brasil

ÚLTIMAS!

quinta-feira, 26 de março de 2015

Após suposto desentendimento com Paula Fernandes, Mônica Guedes desabafa


A cantora sertaneja Mônica Guedes, vem ganhando cada vez mais espaço nas rádios e mídia brasileira. Porém, na última terça-feira seu nome passou a ser envolvido numa polêmica com a cantora Paula Fernandes. 

De acordo com o colunista Leo Dias,Paula Fernandes teria tido um desafeto com  a cantora, a nota inclusive ressaltou o incomodo de Paula com o sucesso que Mônica Guedes vem fazendo, principalmente entre os contratantes. Após a nota, Mônica Guedes fez um desabafo em sua rede social, confira:

Depois de episódios recentes resolvi escrever...
Desde o começo da minha carreira ouço pessoas me dizendo pelas costas que eu "não vou dar em nada". O mais engraçado é que essas mesmas pessoas tinham a minha admiração, a minha confiança, alguns entraram dentro da minha casa, comeram na minha mesa, levaram o meu dinheiro suado, um pedaço da minha auto estima, e do meu sonho. Isso aconteceu muito mais de uma vez. No início eu era tão frágil, tão imatura, que muitas vezes duvidei de mim, da minha capacidade, me decepcionei, entristeci, deixei de reconhecer o meu valor e me calei. Me calei por muito tempo.

Este ano completo 7 anos de carreira como cantora, com 6 álbuns lançados e 1 DVD. Posso dizer que completo 27 anos no meio artístico por conta do meu pai... muitas histórias, muitas experiências, muitos tombos, muita luta. Quem nos conhece sabe. Sou de família classe média da zona leste de São Paulo, filha única de pais que fazem de tudo pra me ver feliz, investindo o pouco que tem no meu sonho. Já passamos dificuldades financeiras sérias, moramos em um cortiço, já vivemos de cesta básica, já fizemos compra mensal em supermercado com R$50. Mas Deus é tão bom que todas as dificuldades foram tempestades passageiras.

Passei a minha vida estudando e me dedicando a arte. Sou formada em artes cênicas com DRT, fiz faculdade de Produção Musical na Universidade Anhembi Morumbi, estudei ballet, jazz, dança pra musical com a Fernanda Chamma, fiz cursos de dublagem, história da arte, interpretação pra TV na Escola de Atores Wolf Maya, estreiei 5 peças teatrais, fui garota-propaganda de algumas marcas, estudei técnicas de piano, violão, contrabaixo, e técnicas vocais com grandes mestres como Daril Parisi, Tatiana Parra, Isabêh e Maúde Salazar.

Atualmente, além de cantora, apresento um quadro no Programa Jornal Sertanejo na TV entrevistando outros artistas, sou compositora, e sócia do meu pai na Interleste Produções e Eventos. Portanto, não sou nenhuma aventureira e muito menos uma oportunista no mercado artístico. No início do ano passado fiz uma cirurgia para a retirada de um câncer, no IBCC aqui em São Paulo, tive depressão, tive síndrome do pânico. Quase interrompi a minha carreira. Coisa que poucos sabem porque continuei trabalhando. Mas dessa difícil experiência tirei uma grande lição: A única pessoa que pode me derrubar "sou eu". O único nesse universo que pode interromper o meu caminho é Deus, e mais ninguém.

Hoje, não aceito ofensas de quem só sabe o meu nome e nada da minha história. É muito fácil ficar atrás de um computador ou de um celular olhando a vida dos outros, julgando, menosprezando e criticando pelas costas. Isso só acontece porque tem gente tão manipulada, tão sem personalidade e sem opinião que idolatra e dá ibope para tipos assim.


Quero ver é ter coragem de me encontrar na rua e me dar lição de moral dizendo "sua opinião fodástica e absoluta" na minha cara. Não me interessa agradar a crítica, até porque isso seria impossível. A minha arte é pro povo, pro público que paga ingresso pra ir aos meus shows, que pede as minhas músicas nas rádios, que compartilha o meu trabalho, que se emociona ao ouvir meu som, para aqueles que estão comigo nessa batalha cotidiana por um lugar ao Sol, que me enchem de carinho, esperança e incentivo todos os dias. Pelos meus fãs eu estou de pé e suporto o que for. Esses sim merecem a minha atenção e o meu respeito.

POP Brasil